recent posts

ESTAMOS NA COPA#19,RESUMO DA COPA DO MUNDO ATÉ AGORA


A Copa vem empolgando o Brasil e o mundo. 
Com jogos muito bons e algumas surpresas, a primeira rodada agradou torcedores e analistas. 
Para fazer um balanço dessas primeiras partidas, o Conversa no Botecoentrevistou os jornalistas Arthur Pereira Filho, Fernando Taquari, Daniel Akstein Batista, Jorge Luiz Ferreira, Mario Rocha, Gilson Vilhena, Eduardo Belo, Giuliano Villa Nova e Luciano Maximo.
As perguntas que eles responderam foram essas:
1) Qual a seleção de que mais gostou?
2) E qual a que decepcionou?
3) Qual foi o melhor jogo?
4) E os destaques individuais?
5) Qual jogador que decepcionaram?
6) Está gostando da Copa?
7) E o que está achando da seleção brasileira?
Acompanhe:

Qual a seleção de que mais gostou?

Daniel Akstein Batista
A Holanda não goleou a Espanha por acaso. Jogou muito e deve ir longe na Copa. A Itália também mostrou força contra uma boa seleção, a Inglaterra, mas ainda tenho lá minhas dúvidas com a Azzurra no decorrer da competição. Já a Alemanha fez aquilo que eu esperava, até mais. De todas, acho que os alemães saem mesmo como favorito ao título, pelo o que mostraram em campo. Tudo bem que Portugal jogou com 10 jogadores, mas os 4 a 0 podiam ter sido mais: claramente a seleção alemã pisou no freio.

Fernando Pesciotta
Claro que a Holanda, pela qualidade do futebol jogado e pelo placar imposto à campeã do mundo, impressiona, e a Alemanha, que cozinhando o galo fez quatro na seleção de Portugal. A Holanda joga com muita velocidade e contou com uma atuação espetacular da sua dupla de ataque. A Alemanha, que parece entusiasmada pelo clima que tem encontrado na Bahia, mostrou uma força de conjunto, força e oportunismo de Thomas Muller. Está certo que Portugal resistiu pouco, mas a Alemanha vem muito forte. Seus jogadores não escondem a alegria que estão sentindo. Como já disse aqui, o Chile pode ser uma surpresa, e confirmou essa possibilidade no jogo que fez contra a Austrália. O adversário era frágil, mas o time tem um esquema de jogo envolvente. Se empatar com a Espanha, poderá confirmar a expectativa de ser a surpresa e eliminar a cansada campeã do mundo.

Giuliano Villa Nova
Até agora gostei mais da Itália, da Alemanha e da Holanda. Meio-campistas criativos e atacantes eficientes.

Arthur Pereira Filho
Não vi a Alemanha, a melhor seleção da copa passada e uma das favoritas deste ano. Considerando, acho que ainda não apareceu uma seleção claramente melhor. Os principais candidatos foram bem, assim como quase todos os times e jogos da copa têm sido bem. A Holanda se destacou, mas é preciso considerar a pane total da Espanha no segundo tempo. No primeiro tempo, a Espanha foi melhor. Gostei da Inglaterra, acho que foi melhor que a Itália, perdeu porque perdeu muitos gols e porque  estava menos preparada para o calor de Manaus.

Mario Rocha
Depois de fazer cinco gols na Espanha, fora o baile, a resposta pra essa pergunta só pode ser Holanda.

Eduardo Belo
Holanda. Surpreendeu positivamente. Está jogando um futebol moderno e alegre. Precisa, apenas, cuidar para que o desejo de brilhar de alguns jogadores não prejudique o conjunto. Costa Rica e Suíça surpreenderam menos pela técnica e mais pela vontade. Muito empenho tático e dedicação dos dois times de branco e vermelho e de vermelho e branco.

Fernando Taquari
Pelo adversário que enfrentou e a forma como ganhou o jogo, acredito que a Holanda apresentou o melhor futebol até o momento. Só não sei se todos nós teríamos a mesma opinião se David Silva tivesse feito o segundo gol da Espanha ainda no primeiro tempo. O jogo teria tomado outro rumo. De qualquer forma, os holandeses jogaram muito bem. Acho que a Itália também surpreendeu positivamente. Tocou muito bem a bola durante o jogo e soube suportar a velocidade dos jogadores ofensivos da Inglaterra, sobretudo no primeiro tempo.

Gilson Vilhena
Sem dúvida, a Holanda foi a melhor equipe que vi até o momento. Também esteve bem a Itália.

Jorge Luiz Ferreira
Sem dúvida, a seleção que jogou o melhor futebol até agora foi a Holanda. Pegou um adversário respeitável e enfiou 5, nem tomou conhecimento. Alemanha fez 4, mas contra 10 de Portugal... Nem se compara!

Luciano Maximo

Holanda (pela surpreendente goleada), Colômbia (pelo jogo fluído, embora o adversário fosse fraco), Itália (pela postura no jogo de Manaus), Costa Rica (não foi zebra, jogou muito melhor que a Celeste), Alemanha (pelo óbvio, maior candidata ao título).


Quem decepcionou?

Daniel Akstein Batista
Já esperava que a Espanha poderia perder na estreia, mas a goleada foi surpreendente. Já o Uruguai fez feio. Minha aposta era que a seleção sul-americana terminasse até em primeiro no seu forte grupo, mas a derrota para a Costa Rica não estava nos planos. Resultado que deve ter quebrado o bolão de muita gente.

Fernando Pesciotta
Se alguém esperava alguma coisa do Uruguai, ele é a maior decepção até agora. A entrada de Suárez e o brio da Celeste podem dar novo ânimo ao time. Vamos ver como eles reagem contra a Inglaterra, que, por sua vez, fez um jogo burocrático contra a Itália. Os ingleses claramente não estavam preparados para jogar em Manaus. Também não vi nada de exuberante na Argentina. Jogou pouco, com um gol contra e outro no qual o zagueiro preferiu virar as costas a entrar de frente para tentar impedir a passagem de Messi.

Giuliano Villa Nova
Espanha, disparado. É certo que os atuais campeões do mundo estão com elenco envelhecido, mas o chocolate de 5 a 1 para os holandeses pegou até o mais pessimista torcedor espanhol de surpresa. Incrível o abatimento da equipe,quando passou a estar em desvantagem.

Arthur Pereira Filho
Espanha e Uruguai. Era previsível que as duas não tivessem a mesma força da Copa passada,  mas não era esperada a forma como perderam seus jogos. Acho que a Espanha se recupera, mas o Uruguai deve levar uma surra da Inglaterra e será eliminado.  O Suárez que seria a última esperança evidentemente não está em condições de jogar senão teria entrado contra a Costa Rica.

Mario Rocha
Uruguai foi a grande decepção. E os uruguaios mostraram que continuam os mesmos. Diante da milonga do adversário, o zagueiro da Celeste partiu pra agressão.

Eduardo Belo
Acho que a Espanha é a contraparte natural da Holanda. Parece não ter aprendido a lição da Copa das Confederações. Caiu do salto alto.

Fernando Taquari
O Uruguai foi a maior decepção até aqui. Criou poucas situações de gol diante da Costa Rica. Mereceu perder e não aposto na celeste no confronto com a Inglaterra. Me pareceu um time envelhecido e pouco criativo.

Gilson Vilhena
As decepções ficaram por conta de Uruguai e Argentina.

Jorge Luiz Ferreira
A grande decepção, por enquanto é a Espanha, seguida de perto pelo Uruguai (e a Argentina também não faz uma grande partida. Aliás, acertei na cabeça o resultado no bolão. Não é esse bicho-papão todo).

Luciano Maximo

Argentina (botei 5 x 1 no bolão, pô!).


Qual foi o melhor jogo?

Daniel Akstein Batista
Espanha x Holanda, pelo placar elástico, pode ter sido um dos melhores até aqui. Mas os jogos têm sido bons no geral. Pelo menos os que tenho assistido. O primeiro tempo de Alemanha x Portugal foi ótimo, mas a etapa final já não foi tão legal assim.

Fernando Pesciotta
Para azar dos derrotistas, pessimistas e agressivos (em todos os sentidos) críticos da Copa, os jogos estão maravilhosos. Estou curtindo adoidado. O final de semana foi espetacular. Adorei ver a Costa Rica, que está treinando na Vila Belmiro, a Costa do Marfim e a Colômbia. Mesmo Suíça e Equador foi um jogo muito animado. Alemanha e Portugal teve praticamente um time só, mas serviu para manter elevada a média de gols – em dois jogos, os santos da Bahia já provocaram dez gols na Fonte Nova. Acho que a beleza dos estádios, o ritmo veloz e ofensivo das seleções ajudam a compor um clima favorável. Brasil e Croácia foi muito bom, deduzido o nervosismo de estreia, e Holanda e Espanha foi de encher os olhos.

Giuliano Villa Nova
O melhor jogo foi Itália 2 x 1 Inglaterra. Cheio de alternativas e variações táticas. Os dois times foram corajosos e qualquer resultado era possível.Mas premiou a já conhecida objetividade italiana.

Arthur Pereira Filho
Difícil escolher, porque não houve jogo ruim. O mais fraco talvez  tenha sido França e Honduras, porque Honduras é  a seleção mais fraca até agora e porque ficou com dez jogadores o segundo tempo todo. Os melhores jogos: Espanha x Holanda, Itália x Inglaterra e  Uruguai x Costa Rica.

Mario Rocha
Obviamente, Holanda e Espanha fizeram o jogo mais vibrante. Mas o jogo mais cerebral foi entre Inglaterra e Itália. A Itália jogou como joga a Itália, sem brilho, mas fazendo os gols que precisava fazer nas poucas chances que conseguiu criar. Já a Inglaterra fez muita pressão com dois atacantes leves, mas como sempre acabou indo pro vestiário carregando a derrota. Jogo estudado, pensado, bem disputado. Um clássico.

Eduardo Belo
Sem dúvida, Espanha 1 x 5 Holanda.

Fernando Taquari
Acho que Holanda e Espanha foi um grande jogo, assim como Itália e Inglaterra. Os dois clássicos superaram as expectativas. Quase todos os jogos foram bons. Acho que estamos acostumados com a "pobreza" do nosso campeonato. Acho que Suíça e Equador também foi muito interessante, com muitas oportunidades para os dois lados no fim do jogo.

Gilson Vilhena
Holanda x Espanha e Itália x Inglaterra, para mim, foram os jogos de destaque.

Jorge Luiz Ferreira
O melhor jogo, fácil, também foi o da Holanda, embora não tenha visto nenhum jogo ruim até agora. Estou até com pena de ter de voltar a assistir ao Brasileirão...

Luciano Maximo
Em primeiro lugar, Itália x Inglaterra. Depois, obviamente, Holanda x Espanha.

Quais são os destaques individuais?

Daniel Akstein Batista
Van Persie e Robben detonaram a Espanha. O inglês Sturridge também foi bem na derrota para a Itália. E Neymar, sempre ele, mostrou que a seleção brasileira dificilmente vai se dar bem num jogo sem sua presença.

Fernando Pesciotta
Robben e Van Persie, em primeiro plano. Balotelli foi bem e dá sinais de que pode aprontar, no bom sentido. Pirlo joga muito. Muller pode ganhar destaque. E Neymar, claro. Cristiano Ronaldo ficou devendo.

Giuliano Villa Nova
Pirlo, pela Itália, Van Persie e Robben, pela Holanda, Messi, pela Argentina, e Oscar e Neymar, pelo Brasil, foram os que mais brilharam até agora. 

Arthur Pereira Filho
Robben, Van Persie, Campbell (Costa Rica) e Neymar.

Mario Rocha
Robben, com sangue "nos zóio", foi disparado o grande cara da Copa até agora.

Eduardo Belo
Arjen Robben e Robin Van Persie no time sensação da Copa até aqui, Giovanni dos Santos no México, Messi, que sem jogar muito faz chover, Oscar, que parece ter acordado com fome de bola. David Luiz jogou muito bem a primeira partida, mas goleiro, zagueiro e juiz é complicado elogiar demais durante o processo. É preciso esperar um pouco para ver se o desempenho vai se manter. Se o adversário não fosse tão fraco (Honduras), eu poderia dizer Karim Benzema, mas prefiro esperar que ele jogue contra uma equipe mais forte.

Fernando Taquari
Robben, Van Persie e Blind. O lateral esquerdo da Holanda fez os dois passes dos primeiros gols do time. O primeiro um lançamento espetacular. Pirlo exibiu a tradicional categoria nos passes. O jovem atacante inglês também foi muito bem, assim como Benzema. O francês marcou três gols no primeiro jogo. Pena que o juiz tirou um.

Gilson Vilhena
Robben, Van Persie e Pirlo, os escolhidos como os melhores até agora.

Jorge Luiz Ferreira
Robben, Oscar, Neymar e, vá lá... Messi.

Luciano Maximo

Pirlo e Candreva, Robben e Van Persie, Benzema e Valbuena (o 8 da França, um baixinho, o bichinho corre e está em todas as partes do campo e pega muito bem na bola), Müller e Kedhira, Campbell (Costa Rica) e o 17 da Costa do Marfim que deu os dois cruzamentos para os gols contra o Japão (o cara apóia muito!).


Qual jogador decepcionou?

Daniel Akstein Batista
Acho que ainda está muito cedo para falar em jogador que decepcionaram. Mas, por enquanto, falaria em Casillas, por algumas falhas na derrota espanhola. Se é pra falar em decepção, que tal a arbitragem? Erros e mais erros nesses primeiros jogos de Copa.

Fernando Pesciotta
Gerard fez, assim como todo o time da Inglaterra, um jogo sem graça. Deu passes óbvios e não ajudou a dar qualidade ao jogo. Parece sem criatividade. CR7 não tem um time para lhe ajudar e vai ver que o espelho da Fonte Nova não lhe permitiu passar o gel direito. 

Giuliano Villa Nova
Cristiano Ronaldo, de Portugal. O CR7 levantou grande expectativa, como "melhor do mundo", mas contra a Alemanha pouco foi notado em campo. Só bateu duas faltas - uma o goleiro defendeu bem - mas de resto, ficou sumido entre os zagueiros rivais. Tá certo que o time português é fraquinho, mas se esperava mais do gajo.

Arthur Pereira Filho
O meio campo da Espanha: Xavi, Iniesta.

Mario Rocha
Iniesta ainda é craque, mas representa a decadência espanhola. A Fúria chegou ao auge dois anos atrás, não conseguiu se renovar, ficou manjada e o Iniesta é o símbolo dessa queda.

Eduardo Belo
Não vi nenhuma decepção que salte aos olhos. Claro que vários jogadores se esconderam nessa primeira rodada (e ainda não vi Portugal x Alemanha), mas não eram tidos como protagonistas e não se esperavam grande coisa deles. 

Fernando Taquari
É cedo para dizer que alguém decepcionou. O primeiro jogo costuma ser difícil para alguns. Deve rolar aquele friozinho na barriga. Acho que Messi, Neymar e Iniesta podem render muito mais.

Gilson Vilhena
Cassilas e Lugano decepcionaram, e muito.

Jorge Luiz Ferreira
CR7 e, também aqui, Messi, nas duas pontas...

Luciano Maximo

Di Maria (mas vale um desconto pelo desgaste de fim de temporada europeia) e Pepe (óbvio!).


Está gostando da Copa?

Daniel Akstein Batista
Nem uma semana de Copa e está sendo bom demais. Melhor ainda é assistir a um jogo ao vivo, como fiz neste sábado com Colômbia x Grécia no Mineirão. Belo Horizonte estava num clima lindo de festa, os colombianos invadiram a cidade e o que se viu foi uma alegria contagiante. Claro que o 'padrão Fifa' de serviço e segurança nos estádios não aconteceu como deveria: não houve revista na entrada (quem estava com ingresso alheio ou comprado de cambista entrou fácil) e os lanches prometidos em todas as placas dos bares/lanchonetes inexistiam. Mas fora todos esses detalhes (e muitos outros), tudo ocorreu bem. Só não está aproveitando a Copa quem não quer. E posso falar: está perdendo um baita evento.

Fernando Pesciotta
Como disse, estou adorando. Dentro de campo, os jogos mereciam returno. Fora, a festa é uma beleza. Estive na Vila Madalena no sábado, fiquei impressionado com o envolvimento dos estrangeiros com os brasileiros. Todo mundo conversava com todo mundo, na maior paz.

Giuliano Villa Nova
Até o momento, a Copa do Mundo está me surpreendendo positivamente. Jogos de bom nível técnico e muitos gols. É certo que apareceram algumas bizarrices, como o time de Honduras e do Equador, mas até agora estamos vendo muitas partidas interessantes. Praticamente todos os times jogando ofensivamente e em busca do gol.

Arthur Pereira Filho
Talvez seja o melhor começo de Copa de todos os tempos. Uma grande diferença das últimas edições é que ninguém veio pra empatar ou perder de pouco, mesmo os times menos tradicionais. Tá todo mundo jogando pra ganhar. Essa Copa poder marcar o fim da retranca no futebol, o que vai ser muito legal. A diferença entre o tipo de futebol jogado na Copa e o jogado no campeonato brasileiro, em termos de postura tática dos times, é enorme. 

Mario Rocha
Sensacional esta Copa, com muitos gols, viradas de placar, vibração nas torcidas, estádios de primeira, jogadores disputando cada centímetro quadrado de terreno. Começou muito bem e, a continuar assim, promete ser uma das melhores da história.

Eduardo Belo
Está divertidíssima, em um clima ótimo. O público tem dado show de alegria e até o momento só tenho notícias de turistas simpáticos.

Fernando Taquari
Fantástica a copa. Jogos excelentes e bem disputados. Os times não desistem nunca. Média de gols alta. Alguns comentaristas, inclusive, já estão dizendo que essa copa representará uma mudança de paradigmas no modo de jogar, com a retranca dando lugar ao futebol ofensivo. É prematuro para dizer isso, mas tomara que seja algo do tipo.  

Gilson Vilhena
Gostei da maioria dos jogos e da participação dos torcedores. Muito bonito. Uma Copa bem legal até agora.

Jorge Luiz Ferreira
Baita Copa. Grande média de gol. Só jogão, muitos resultados definidos no final. ESTAMOS TENDO COPA!

Luciano Maximo

Pra caralho (sem mais)!!

.
E o que está achando do Brasil?

Daniel Akstein Batista
Acho que o Brasil passou pelo seu jogo mais difícil da primeira fase. Tudo bem que teve uma ajudinha da arbitragem, mas mostrou que pode se superar caso saia perdendo novamente. O problema, já dito antes, é que o time joga muito em função do Neymar. Esperava que isso não fosse acontecer, mas fiquei com a impressão que a seleção não chegará muito longe caso o craque do Barcelona não esteja num dia bom. 

Fernando Pesciotta
O nervosismo da estreia atrapalhou um pouco, mas acho que o time foi bem. A Croácia pode ser uma força desta Copa, joga e marca muito bem. Acho que a Seleção Brasileira pode ganhar confiança e superar a armadilha imposta pela imprensa, de supervalorizar a arbitragem do japonês. Primeiro que todo juiz de futebol pode errar, e segundo que o zagueiro colocou, sim, a mão no ombro do Fred. À distância o árbitro não consegue medir o impacto daquele contato. Ele viu o gesto, a queda do atacante, marcou o pênalti. Em outra atmosfera política, acho que a imprensa brasileira não teria feito esse barulho todo. Mas o time vai passar por cima disso tudo. 

Giuliano Villa Nova
Oscar foi o melhor em campo contra a Croácia. Se mostrar o mesmo dinamismo contra os mexicanos, podemos ganhar, até com certa facilidade. Mas para isso ele também precisa de mais apoio dos companheiros de meio-campo. No ataque, Fred tem que participar mais das ações. E Felipão precisa corrigir urgentemente as falhas de marcação pelas laterais. Contra a Croácia foram duas "avenidas" pelas alas. Por mim, Maicon ficaria com a posição de Daniel Alves. 

Arthur Pereira Filho
Acho que foi bem na estréia, mas mostrou que a defesa é vulnerável pelas laterais, o que pode ser bem aproveitado já pelo próximo adversário, o México. É preciso levar em conta que a Croácia é uma boa seleção e que o Modric jogou muito contra o Brasil.

Mario Rocha
Brasil jogou mal na estreia, mas mostrou reação e poder de decisão. Por incrível que pareça pelo fato de ser um time treinado pelo retranqueiro Felipão, a defesa foi o ponto fraco. Sei não, mas me arrisco a dizer que a insegurança na zaga é reflexo da insegurança do Júlio César. O jogo contra o México será decisivo pro time ganhar confiança.

Eduardo Belo
Dá para o gasto. Vai precisar ganhar confiança e melhorar a passagem de bola pelo meio-campo. Talvez seja a hora de Ramires tomar o lugar de Paulinho, para que o país tenha uma transição mais eficiente. Eu daria mais uma chance a Hulk, mas louco de vontade de colocar William em seu lugar.

Fernando Taquari
O Brasil jogou razoável o primeiro jogo. No geral foi melhor contra a Croácia, apesar da ajuda do juiz. Oscar mostrou muita vontade, roubou bolas e ajudou a organizar o time. Acho que tem condições de fazer um excelente mundial, apesar de depender em alguns momentos de Neymar. Vejo a necessidade de acertar alguns detalhes, especialmente na lateral direita. Não sei se é o caso de trocar Daniel Alves por Maicon ou acertar o posicionamento. Particularmente, prefiro Maicon, mas quem sabe um "chacoalhão" não acorda o lateral do Barça. 

Gilson Vilhena
A seleção brasileira jogou para o gasto na vitória sobre a Croácia. Mas teria grandes dificuldades, se não houvesse aquele pênalti mandrake sobre o Fred. Aliás, fico envergonhado com essa tal "malandragem" brasileira. Tem de ganhar na bola.

Jorge Luiz Ferreira
O Brasil até que não foi mal na primeira partida. E a tendência é melhorar (pena que, com o Júlio César no gol, jamais seremos campeões. Mais cedo ou mais tarde ele vai fazer uma cagada e não teremos tempo de recuperar...Lástima!). 

Luciano Maximo
Não jogou mal, mas também não jogou bem na estreia. Gostei da postura do time após o gol da Croácia, demonstrou maturidade e foco, mas criou pouco e se expôs muito. Não teria ficado surpreso se estreássemos com um empate pelo futebol apresentado.

FONTE
ESTAMOS NA COPA#19,RESUMO DA COPA DO MUNDO ATÉ AGORA ESTAMOS NA COPA#19,RESUMO DA COPA DO MUNDO ATÉ AGORA Reviewed by euogibi on julho 08, 2014 Rating: 5

Nenhum comentário:




'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();

Ad Home




Tecnologia do Blogger.