ESTREIA,HAJA CORAÇÃO#01,BRASIL vs CHILE - Humor com Banana

Anuncio No Post

Anuncio Aqui

ESTREIA,HAJA CORAÇÃO#01,BRASIL vs CHILE

Compartilhar
(ESTREIA,hoje no HBNEX começa uma nova serie sobre a copa do mundo,em todo jogo do Brasil após a partida você terá o resumo oficial do jogo.)

Um primeiro tempo acelerado e com dois gols, uma segunda etapa nervosa e uma prorrogação de poucas chances e nervos à flor da pele. Brasil e Chile empataram em 1 a 1 nos 120 minutos e precisaram de pênaltis para decidir a primeira vaga nas quartas de final da Copa do Mundo da FIFA. Foi quando Júlio César brilhou. O goleiro da Seleção, eleito Craque do Jogo Budweiser, defendeu duas cobranças e viu a última explodir na trave, selando a classificação brasileira.
A partida começou com o Brasil buscando o ataque e levando perigo ao gol de Bravo um punhado de vezes. Primeiro, com Marcelo chutando de fora da área. Depois com bons avanços de Luiz Gustavo e Neymar. Aos 17 minutos, o goleiro chileno também trabalhou bem ao mandar para escanteio um chute forte de Hulk. No lance seguinte, porém, Bravo nada pôde fazer. Neymar cobrou escanteio, Thiago Silva cabeceou, e David Luiz completou para o as redes.
A partida parecia dominada pelo Brasil, mas um lance de oportunismo chileno provocou o empate. Eduardo Vargas roubou a bola da defesa brasileira após cobrança de lateral e achou Alexis Sánchez sozinho dentro da área. O atacante chutou cruzado e bateu Júlio César. Após o empate, a Seleção voltou a agredir mais, embora sem sucesso em um par de bons ataques com Neymar e Fred chegando na área adversária. 

A segunda metade foi mais nervosa, com o Brasil agredindo menos, e o Chile com mais posse de bola no campo de ataque. A virada quase veio aos 19 minutos, com uma tabela pela direita. Isla encontrou Charles Aránguiz, que chutou de primeira e forçou Júlio César a fazer uma grande defesa. A Seleção pouco criou, mas um cruzamento de Hulk deixou Jô em condições de marcar, mas o atacante furou a bola. Também houve perigo quando Dani Alves lançou Neymar, que cabeceou para baixo, mas Claudio Bravo evitou o gol. Hulk também tentou em ótima jogada individual, mas parou no guarda-redes. Com os goleiros bem no jogo, uma prorrogação fez-se necessária.

A Seleção conseguiu sair do campo defensivo no tempo extra, mas pouco foi criado pelos dois times. Hulk, em jogada individual, forçou Bravo a fazer outra ótima defesa. A partida não acabaria, no entanto, sem um susto para a torcida local. Pinilla acertou o travessão de Júlio César no 120º minuto. 

Os pênaltis foram igualmente tensos. O goleirão brasileiro defendeu as cobranças da Mauricio Pinilla e Alexis Sánchez, mas Wilian e Hulk também falharam pela Seleção. Na décima cobrança, com o Brasil vencendo por 3 a 2, Gonzalo Jara acertou a trave, selando os destinos dos dois países na competição.


Nenhum comentário:

Anuncio No Post

Anuncio Aqui!